2ª Conferência de Meio Ambiente debate problemas do lixo, em Barueri.

Conferencia de Meio AmbienteCerca de 150 pessoas participaram do evento. Propostas da região serão apresentadas em conferência estadual, a ser realizada em setembro, no Centro de Convenções Anhembi, em São Paulo.

A Câmara Municipal de Barueri sediou nos dias 16,17 e 18 de agosto a “2ª Conferência Regional de Meio Ambiente”. Prestigiaram o evento os prefeitos Jorge Lapas (PT, Osasco), Jaci Tadeu (PV, Itapevi), Chico Brito (PT, Embu das Artes), o deputado estadual Marcos Martins, vereadores, secretários de meio ambiente, representantes de empresas e a sociedade civil organizada de Barueri, Carapicuíba, Itapevi, Jandira, Osasco e Santana de Parnaíba.

A conferência teve como tema a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), com foco em quatro eixos: Produção e Consumo Sustentáveis; Redução dos Impactos Ambientais; Geração de Trabalho, Emprego e Renda; e Educação Ambiental. 

Na abertura, o prefeito Jorge Lapas citou o empenho e a importância da criação de um Consórcio Intermunicipal, para o desenvolvimento de políticas públicas para a solução de problemas comuns entre as cidades da região. Lapas mencionou a Usina de Reciclagem de Entulho de Osasco (Ureosasco) que gera economia e ajuda na preservação do meio ambiente e comentou o primeiro contrato de Parceria Público-Privada (PPP) para a coleta de lixo e a construção de um aterro sanitário.

“Precisamos unir forças e estratégias para buscar alternativas sustentáveis relacionadas ao lixo. Parabenizo Carlos Marx, nosso secretário de Meio Ambiente, pelos bons projetos e resultados alcançados em nossa cidade”, destacou Lapas.

Para o desenvolvimento pleno de uma política pública de controle de resíduos sólidos é extremamente importante a participação popular e a participação dos empresários. Vamos desenvolver um diálogo produtivo sobre as soluções para o lixo. Senti falta da Sabesp, pois ela deveria estar presente nessa conferência” disse o prefeito Jaci Tadeu, que aproveitou para parabenizar aos organizadores pelo evento. 

Francisco Nascimento de Brito, sociólogo e prefeito de Embu das Artes, fez um relato das ações adotadas visando o desenvolvimento da cidade. Citou exemplos de como os municípios da região podem participar das discussões do Subcomitê da Bacia Hidrográfica Alto Tietê/Pinheiros-Pirapora, questionou sobre quais formas os municípios do subcomitê pretendem tratar a gestão dos resíduos sólidos hoje e no futuro. “Precisamos pensar num modelo de desenvolvimento que considere três coisas: preservação ambiental, desenvolvimento econômico e justiça social. Isso é sinônimo de sustentabilidade. Há muitas soluções e uma delas é a organização das cidades em consórcios”, discorreu. 

Em nome do prefeito Geraldo Teotônio (PV, Jandira), o secretário Joaquim Aparecido Rodrigues, parabenizou aos organizadores e disse que a construção do amanhã exige novas atitudes de cidadania e mudança de comportamento. “O meio ambiente é o tema principal dos projetos de nossa cidade. A gente tem que cuidar do lixo porque tudo o que consumimos vem de recursos da natureza e por isso precisamos conscientizar a população”, destacou.

A primeira noite do evento foi encerrada com a discussão do regimento interno e da programação das atividades, feitas pela advogada Claudete Pereira Michelassi, assessora da Sema Osasco, coordenadora executiva da conferência. A advogada Flávia de Souza participou do evento representando o vereador Claudio da Locadora (PV, Osasco). 

Um grupo de manifestantes conduzido pelo Sintraema (Sindicato dos Trabalhadores em Água, Esgoto e Meio Ambiente do Estado de São Paulo) exibiu faixas contrárias à instalação de usina de incineração de lixo na Aldeia de Barueri.

Na conferência foram tiradas 20 propostas. Dentre elas estão: Disseminação do conhecimento apropriado por aqueles que o detêm traduzindo para uma linguagem popular; Garantir que 10% (dez por cento) do lixo reciclável seja direcionado para os catadores através de lei e garantir remuneração para os colaboradores; Alterar a denominação de catador para “Prestador de Serviço de Limpeza Pública”; e Integrar as ações realizadas pela Vigilância Sanitária com as ações educativas da Secretaria de Meio Ambiente. 

O evento foi encerrado com apresentação de desfile de Moda Ecológica por membros da AVEMARE.

Informações: Sema Osasco no (11) 3652-9511 / [email protected] Saiba mais sobre a 4ª CNMA em www.conferenciameioambiente.gov.br.

Artigo enviado pela Colunista: Rosi Cheque


Related posts

One Thought to “2ª Conferência de Meio Ambiente debate problemas do lixo, em Barueri.”

  1. […] 2ª Conferência de Meio Ambiente debate problemas do lixo, em Barueri. […]

Leave a Comment