Notícias Barueri 

A uma vitória da elite do vôlei, Hinode/GRB treina firme para enfrentar o Curitibano.

Treinando duro. Esta é a estratégia definida pelo técnico tricampeão olímpico, José Roberto Guimarães, para levar o Hinode/GRB à elite do vôlei nacional na temporada 2017/2018. A equipe recebeu apenas uma folga nesta semana (quarta-feira) e continuará se preparando até no domingo, véspera do jogo decisivo contra o BRH-Sulflex/Clube Curitibano. O duelo acontecerá na segunda-feira, dia 10, no ginásio poliesportivo José Corrêa, a partir das 20h, com entrada franca e transmissão ao vivo pelo canal por assinatura Sportv.

O Hinode/GRB tem uma campanha invicta. Em oito partidas perdeu apenas dois sets, um deles para o rival da final. Contudo, esse retrospecto não deixa o técnico do Barueri muito impressionado. Com os dois pés no chão, José Roberto quer atenção total das suas comandadas no jogo de segunda-feira.

“Falta um passo, temos uma ótima campanha, mas nada disso vai valer a pena se não entrarmos focados na final. É um jogo só, então teremos que dar o nosso melhor dentro de quadra. Temos que melhorar alguns fundamentos e é por isso que decidimos ter essa semana puxada de treinos”, explica.

Sem ter conquistado nenhuma vitória na fase classificatória – seis derrotas e a pior campanha – a equipe paranaense reagiu e eliminou o ADC Bradesco nas quartas de final e o Abel Havan Brusque na semifinal.

“Elas cresceram muito durante a Superliga. Ganharam ritmo de jogo e estão confiantes. Mas nós também estamos. Precisamos usar isso a nosso favor. Temos que entrar em quadra com mais agressividade ainda, sabendo do que somos capazes”, comentou Dani Terra, líbero do Hinode/GRB.

Brindes

A diretoria do Hinode/GRB decidiu presentear os primeiros 2 mil torcedores que chegarem ao ginásio José Corrêa com camisetas e batecos exclusivos para apoiar o time. A intenção é que o ginásio receba um público total de 5 mil pessoas, para a partida final. Então é bom chegar cedo.

Velhos conhecidos

O Curitibano tem como treinador Jorge Edson, atleta de Zé Roberto na seleção brasileira, que conquistou a medalha de ouro em Barcelona em 1992. A equipe tem como capitã a central Valeskinha, jogadora que também passou por suas mãos no título olímpico de Pequim em 2008.

Related posts

Leave a Comment