Barueri realiza semana de conscientização sobre os males causados pelo amianto.

BarueriUso de amianto pode ser proibido no Brasil. Substância é considerada cancerígena e prejudicial  à natureza. 

Entre os dias 23 e 28 de abril, a Prefeitura de Barueri, por intermédio da Coordenadoria de Vigilância em Saúde, da Secretaria Municipal de Saúde, realizará atividades de conscientização junto à população que circula pelo “Ganha Tempo Municipal’, para chamar a atenção sobre os malefícios causados ao homem pelo uso do amianto. 

As pessoas serão alertadas através de faixas e panfletos com informações sobre os perigos do uso de produtos feitos com este mineral. O material está sendo distribuído no Ganha Tempo e traz informações sobre a lei nº 12.684/2007, de autoria do deputado Marcos Martins, que proíbe produtos que contenham este mineral em todo o Estado de São Paulo.

O Instituto Nacional de Câncer (Inca) lista o amianto como “reconhecidamente cancerígeno”. A exposição à poeira do mineral pode causar doenças como câncer de pulmão, de laringe, do trato digestivo e do ovário. As principais doenças causadas pelo amianto são: 

Asbestose (doença que provoca o endurecimento do pulmão e afeta a capacidade respiratória): É a mais frequente entre as enfermidades fatais. As fibras do mineral alojam-se nos alvéolos e comprometem a capacidade respiratória. É crônica, progressiva e para ela não existe tratamento. O doente sente falta de ar e cansaço excessivo. No quadro, a asbestose comprometeu 75% da capacidade respiratória dos pulmões. As partes escuras são o que resta dos órgãos. 

Câncer de pulmão: A exposição ao amianto aumenta até dez vezes o risco da doença. O paciente sente falta de ar, emagrece e tem dor no peito. É um tipo agressivo de tumor, que costuma espalhar-se para os rins, os ossos e o cérebro. O tratamento é feito com quimioterapia, radioterapia ou cirurgia.

Mesotelioma (câncer raro da membrana pulmonar e outras membranas do corpo humano): Só é causado pelo amianto. O paciente sente falta de ar e dor aguda no peito. O tratamento é o mesmo do câncer de pulmão, mas a cura é mais difícil. A sobrevida após o diagnóstico é de dois anos.

Placas pleurais: Surgem na pleura e são benignas. O doente corre três vezes mais risco de sofrer de asbestose e dez vezes mais de ter mesotelioma.

Onde está o amianto? 

Entre os mais conhecidos usos do amianto estão o da construção civil, tais como telhas, caixas d’água, tubulações, divisórias, painéis acústicos e resistentes ao fogo, pisos, forros etc. Tanto na produção, como na manutenção, utilização e demolição de materiais contendo amianto, há o risco de se liberar poeira contendo fibras no ambiente.

Exportação

O Brasil é um dos cinco maiores produtores de amianto do mundo e um dos principais exportadores do produto, sendo a produção proveniente da mina Cana Brava, na cidade de Minaçu, em Goiás. Diante da colocação do país no comércio mundial de amianto, o Brasil integra duas convenções internacionais que abordam o tema: a Convenção de Basiléia, que trata do “Controle dos Movimentos Transfronteiriços de Resíduos Perigosos” e a Convenção de Roterdã, que “regula o comércio internacional de produtos químicos perigosos”.

Artigo enviado pela Colunista: Rosi Cheque


Related posts

One Thought to “Barueri realiza semana de conscientização sobre os males causados pelo amianto.”

  1. […] Barueri realiza semana de conscientização sobre os males causados pelo amianto. […]

Leave a Comment