Notícias Barueri 

Barueri supera novamente média nacional em avaliação do Ministério do Desenvolvimento Social.

A Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (SADS) obteve, pela segunda vez, um aumento significativo na nota do Ministério de Desenvolvimento Social (MDS) no quesito atualização do Cadastro Único. O índice, que já era considerado acima da média nacional em novembro de 2017 (0,76), apresentou nova alta e ficou em 0,81 em junho.

Isso significa que o aumento foi de 6,6% em oito meses. Contudo, desde 2017, esse percentual subiu 48%.

O programa Bolsa Família é do governo federal e é gerenciado pelo MDS. A nota do Ministério refere-se à Taxa de Atualização Cadastral (TAC) e é calculada levando em conta o número de famílias que têm seu cadastro atualizado no Cadúnico. Esse cadastro é feito pelos Centros de Referência de Assistência Social (Cras), equipamentos da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social.

A TAC de Barueri é 81,37, enquanto a média nacional é 70,26, ou seja, a cidade não apenas elevou o índice, mas superou a média nacional pela segunda vez.

“Essa taxa subiu expressivamente por conta do foco na ação de atualização cadastral. Sabemos que esse número tende a estabilizar e a tendência é que Barueri se mantenha dentro da média nacional”, explica Regiane Rodrigues de Souza, responsável pela diretoria de Proteção Social Básica.

Para a secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Adriana Bueno Molina, o aumento no índice “está diretamente ligado as melhorias realizadas pela atual gestão dos Cras, bem como pelo novo enfoque dado ao serviço social, o que beneficia a população atendida”.

Related posts

Leave a Comment