Notícias Barueri 

Campanha de vacinação contra gripe começou dia 23 de Abril.

Seguindo as diretrizes do governo federal e da OMS (Organização Mundial da Saúde), Barueri, através da Coordenadoria de Vigilância em Saúde, iniciará a campanha 2018 de vacinação contra a gripe no dia 23 de abril. 

Será aplicada a dose trivalente, que protege contra três vírus da influenza: a A (H1N1), A (H3N2) e a cepa tipo B. O imunológico será administrado nas 16 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de segunda a sexta-feira e é destinado aos grupos de risco. O Serviço de Atendimento Especializado (SAE) irá vacinar apenas pacientes internos, a não ser no Dia D. 

O Dia D da vacinação será em 12 de maio (sábado), em todas as UBSs, no SAE e também em postos volantes cujos locais ainda serão determinados.  

Deverão vacinar-se crianças entre 6 meses e menores de 5 anos; gestantes; puérperas até 45 dias após o parto; trabalhadores da saúde; indígenas; pessoas com doenças crônicas/imunodeprimidos; pessoas com 60 anos ou mais; população prisional e os funcionários do sistema prisional (SAP e outros); adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas; e professores das escolas públicas e privadas. 

Serão seguidas as seguintes etapas na estratégia de vacinação:  

– a partir de 23 de abril: trabalhadores da saúde, indígenas e as pessoas com 60 anos ou mais de idade; 

– a partir de 2 de maio: crianças, gestantes e puérperas; 

– a partir de 9 de maio: comorbidades, professores e privados de liberdade. 

Evitando casos mais graves 

Segundo o Ministério da Saúde, a gripe do tipo influenza é sazonal, ocorrendo com mais força no inverno, especialmente no mês de junho. A imunização foi adiantada para garantir que as pessoas estejam protegidas antes desse período mais crítico, evitando casos mais graves da doença.   

Neste ano de 2018 Barueri não registrou até o momento, nenhum caso de H1N1. Em 2017 o município confirmou cinco casos de influenza A (H1N1).  

A Secretaria de Saúde de Barueri informa que intensificará a vigilância para detecção precoce de casos suspeitos importados, além de monitorar os contatos e acompanhar a cobertura vacinal. Segundo recomendam os profissionais, é fundamental divulgar massivamente a orientação para prevenção da influenza, que inclui:  

– Ao tossir e espirrar, use a parte interna dos braços para tampar o rosto; 

– Utilize lenços descartáveis; 

– Evitar locais com aglomeração; 

– Deixe o ar circular, mesmo no inverno e em dias frios; 

– Não se automedique;  

– Não compartilhe objetos de uso pessoal, como talheres, copos e pratos; 

– Procure um médico ou UBS diante de qualquer sintoma. 

Related posts

Leave a Comment