Notícias Barueri 

Crimes caem 30% em Barueri.

De acordo com estatísticas divulgadas durante a semana pela Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP-SP), a cidade de Barueri reduziu todos os principais indicadores criminais em setembro. Em relação ao mesmo mês em 2016, a soma dos registros de homicídios dolosos, roubos, furtos e veículos subtraídos diminuiu 30%.

Entre os crimes contra o patrimônio a maior redução foi roubos de veículos (-41%), seguido por roubos em geral (-40%), furtos em geral (-26%) e furtos de veículos (-15%). No acumulado do ano até setembro, a quantidade de crimes patrimoniais e homicídios dolosos é 26% menor na comparação com o mesmo período do ano passado.

“Barueri é única cidade na região que mês após mês vem diminuindo os principais índices criminais”, destaca o comandante da Guarda Civil Municipal de Barueri, Marcus Aparecido Guedes Ramos, ressaltando o empenho da corporação em conjunto com as Guardas Municipais vizinhas e com as polícias Civil e Militar.

Para Regina Mesquita, secretária municipal de Segurança e Mobilidade Urbana, a constante redução da criminalidade é fruto de várias estratégias e recursos que a pasta tem lançado mão. “Ampliamos o videomonitoramento, implantamos o Detecta, vigilância por drones, remuneração de horas extras dos guardas, Romu, blindagem de viaturas táticas, Operação Bairro Seguro, Operação Madrugada e base em Alphaville”, enumera. “Agora teremos o Canil da Guarda e ainda mais novidades.”      

Gestão geográfica de recursos
Após visitas técnicas a Buenos Aires, a Secretaria de Segurança já estuda a viabilização em Barueri de um programa que visa diminuir o tempo de atendimento às ocorrências e controlar em tempo real os recursos (viaturas e agentes) disponíveis, através de rastreamento por GPS.

Facundo Quiroga, representante de uma empresa internacional de soluções em segurança pública, conta que o sistema apresenta resultados muito positivos na capital da Argentina. “A ideia é dar ferramentas para operadores de atendimento e de despacho para que sejam enviados ao local os recursos adequados, e ter uma melhor gestão da abordagem territorial para planejar e controlar em tempo real a distribuição destes recursos na área geográfica”, explica.   

Related posts

Leave a Comment