Montadoras investem em resina ecológica para acabamento interno.

Diversas montadoras, como a Ford, cada vez mais têm se preocupado com questões ligadas a preservação dos recursos naturais.  A Ford resolveu modificar a pintura de peças de acabamento interno e reduzir o impacto ambiental de processo de produção do novo Ford Fusion 2013.

Partindo de critérios de eficiência e sustentabilidade, peças que antes eram finalizadas com tinta de alto brilho agora recebem a aplicação de um novo tipo de resina mais ecológico e com o mesmo efeito. 

A utilização do novo material, desenvolvido pela Basf, permite pular o processo de aplicação de verniz, gerando uma economia no processo de 2.700 litros de diesel e reduzindo em mais de 27 mil quilos as emissões de dióxido de carbono. “Essa nova resina torna o processo muito mais eficiente e também ajuda a eliminar a liberação de compostos orgânicos voláteis na atmosfera, tornando desnecessária a aplicação do revestimento de verniz claro”, explica o engenheiro do Núcleo de Interior de Carroceria da Ford, Robert Bedard.

A mudança no processo acabou também por excluir o transporte de peças entre fornecedores e a fábrica para aplicação da tinta, reduzindo as viagens da frota de caminhões da empresa e, consequentemente, suas emissões de CO2.

Artigo enviado pela Colunista: Rosi Cheque


Related posts

One Thought to “Montadoras investem em resina ecológica para acabamento interno.”

  1. […] Montadoras investem em resina ecológica para acabamento interno. […]

Leave a Comment