Motoristas estão jogando menos lixo nas rodovias paulistas.

MotoristasLevantamento aponta que quantidade de detritos lançados por condutores nas estradas sob concessão caiu 16%

A quantidade de lixo deixada pelos motoristas nos 6,3 mil quilômetros de rodovias sob concessão no Estado de São Paulo teve, em 2013, redução de 16%. Levantamento aponta que 27.963 toneladas de detritos orgânicos, latas de alumínio, papel, vidro, plástico, e até mesmo móveis, foram abandonados nas pistas e acostamentos, o que resulta em média de 76,6 toneladas por dia.

O CTB prevê multa para quem arremessa lixo pela janela do veículo. De acordo com o artigo 172, atirar do veículo ou abandonar na via objetos ou substâncias é considerado uma infração média, sujeita a multa e perda de quatro pontos na Carteira de Habilitação. E, dependendo do volume de dejetos abandonados, o motorista pode responder a processo por crime ambiental.

Fiscalizado pela Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo), o serviço de limpeza e coleta de resíduos nas rodovias contribui com o meio ambiente e o aspecto da estrada, além da segurança e fluidez do trânsito.

Grande parte das concessionárias desenvolve, inclusive, trabalho de reciclagem de lixo através da contratação de empresas especializadas ou de parcerias com cooperativa e prefeituras.

Outros estudos

Ruas sujas, bueiros e esgotos entupidos são algumas das diversas consequências do péssimo hábito de atirar lixo pela janela do carro. Mesmo assim, motoristas insistem em atirar o lixo pela janela do carro, inclusive nos países de primeiro mundo.

Pesquisa realizada na Inglaterra, pela Green Flag, em maio de 2011, revelou que cerca de 9 milhões de motoristas jogaram lixo nas vias públicas. Embora o Brasil não tenha estudos como este, a coisa por aqui não é muito diferente.

Os objetos mais atirados são pontas de cigarro (29 milhões), alimentos (17,4 milhões), embalagens (11,8 milhões), garrafas e latas (6,2 milhões) e tecidos (5,2 milhões).

Artigo enviado pela Colunista: Rosi Cheque


Related posts

Leave a Comment