No Líbano, parque temático expõe artilharia do Hezbollah e destroços do Exército israelense.

Para alguns, trata-se de uma organização política dedicada a defender os interesses do Líbano e da comunidade muçulmana no Oriente Médio. Para outros, o Hezbollah não é nada mais que uma entidade terrorista determinada a destruir Israel e disseminar homens-bomba pelo mundo.

Seja qual for a verdade, o fato é que o “Partido de Deus”, como o Hezbollah se proclama, sabe promover sua causa para curiosos e seguidores. Desde meados de 2010 funciona na cidade de Mleeta, no sul do Líbano, o “Memorial da Resistência”, um parque temático criado pelo Hezbollah com o objetivo de divulgar a ideologia e os feitos militares da organização – e, também, tripudiar sobre Israel, com quem vem travando conflitos há cerca de 30 anos. 

Tanques israelenses destruídos, capacetes de soldados enferrujados, mísseis que não explodiram, peças de artilharia antiaérea e mensagens de apoio à coragem de homens que “sacrificaram suas vidas” pelo Hezbollah fazem parte do acervo do local. Há além disso, no lugar, salas multimídia que projetam vídeos das ações militares do grupo e discursos de seu líder supremo, o sheik Hassan Nasrallah.

Um bunker com metralhadoras apontadas para uma antiga base militar israelense também pode ser visitado pelo turista. Na saída, o público pode passar por uma loja de presentes e adquirir quadros de Hassan Nasrallah ou bonés com o rosto do presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, notório parceiro do Hezbollah.

O “Memorial da Resistência” está localizado a 80 minutos de Beirute e seu ingresso custa 2000 libras libanesas (R$ 2,5). Crianças (curiosamente, são muitas a visitar o parque) pagam meia-entrada.

Apesar de ter amplo apoio político no Oriente Médio, o Hezbollah é atualmente classificado como “entidade terrorista” por Estados Unidos e Israel. 

Mais informações: www.mleeta.com/mleeta/eng/

 

Fonte: UOL Viagem

http://viagem.uol.com.br/ultnot/2012/08/14/no-libano-parque-tematico-expoe-artilharia-do-hezbollah-e-destrocos-do-exercito-israelense.jhtm


Related posts

Leave a Comment