Osasco vai a Brasília apresentar projeto de recuperação de nascentes em área urbana.

Minas e nascentesO secretário de Meio Ambiente de Osasco, Carlos Marx, vai apresentar o projeto Recuperação de Minas e Nascentes no II Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável – Desafios dos novos governantes locais (II EMDS). O evento é uma iniciativa da Frente Nacional de Prefeitos (FNP) e acontece entre 23 e 25 de abril, em Brasília (DF). Nos objetivos debater soluções e alternativas sustentáveis que tornem as cidades mais acolhedoras, seguras e estruturadas para a população. No apoio Sebrae e Governo Federal. Iniciado em janeiro de 2007, o projeto “Revitalização de Minas e Nascentes” mapeia, identifica e recupera as minas e nascentes de água espalhadas pelos quatro cantos da cidade. Até então, não havia informações sobre o número de nascentes existentes, onde se localizavam, situação em que se encontravam. O projeto também conscientiza as pessoas sobre a importância de se preservar a água e perceber que ela é um bem esgotável e essencial para a sobrevivência. Estudantes de 39 escolas estaduais do município participaram diretamente do projeto.

Ainda em 2007, a Secretaria de Meio Ambiente promoveu uma mostra de fotografias, mapas e maquetes, produzidas pelos estudantes, na área de eventos do Osasco Plaza Shopping, onde milhares de pessoas puderam ver o resultado do trabalho realizado. Concluído o evento, já na primeira quinzena de abril do mesmo ano, a secretaria iniciou o projeto de revitalização das nascentes, começando por duas existentes no interior do Parque Ecológico Chico Mendes, que formam o Bussocaba, maior córrego da cidade, que corta todo o centro do município e deságua no rio Tietê. 

Segundo Carlos Marx, Osasco sempre é convidada a participar de eventos para apresentar boas práticas socioambientais como o Minas e Nascentes, que engloba a sensibilização e educação. Em 2010, o projeto recebeu prêmio do programa ODM Brasil – Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, que é ligado a Organização das Nações Unidas (ONU).  

“A prefeitura assumiu publicamente o compromisso de recuperar as nascentes da cidade, que alimentam os córregos e contribuem para formar o caudal de água do rio Tietê, que atravessa a cidade, em direção ao interior. Em razão do restrito quadro de funcionários da secretaria, solicitamos a colaboração da Diretoria Regional de Ensino, visando envolver estudantes das escolas estaduais que, sob a orientação de professores de geografia e ciências, percorreriam os bairros para buscar informações sobre a existência de nascentes, sua localização, a história de cada uma, entrevistando os moradores e fazendo fotos do que encontrassem”, explica Marx.

“Passados seis anos, 102 nascentes foram identificadas e catalogadas, muitas delas estavam em áreas públicas e privadas, sob casas, pistas asfálticas, em quintais, encostas de morro, etc. Algumas delas já eram conhecidas, mas estavam esquecidas ou mal conservadas e o pior estavam degradadas, cobertas de lixo e entulho. Até agora, foram revitalizadas 31 nascentes, que receberam tratamento paisagístico, revegetação, fontes de pedra”, disse o secretário. 

A água das minas recuperadas segue para os córregos, por meio de galeria de águas pluviais. Através de ações permanentes de educação e conscientização ambiental, a secretaria busca que os moradores ajudem na preservação dos locais.

Em 2011, a secretaria promoveu o I Curso de Recuperação de Nascentes de Água em Área Urbana, organizado pelo Instituto Agronômico de Campinas (IAC), sob a direção do professor doutor Rinaldo Oliveira, com a participação de técnicos e gestores ambientais de 5 cidades da região Oeste da Grande São Paulo. Em 2013, o projeto deverá receber financiamento do Fundo Estadual de Recursos Hídricos (Fehidro), para desassorear o ribeirão das Claras e revitalizar 5 nascentes que contribuem para a sua formação, no bairro do Jardim Açucará, zona Norte da cidade. 

Informações: Secretaria de Meio Ambiente de Osasco. Fone: (11) 3652-9511. E-mail: [email protected] Site: www.osasco.sp.gov.br.

 Artigo enviado pela Colunista: Rosi Cheque


Related posts

One Thought to “Osasco vai a Brasília apresentar projeto de recuperação de nascentes em área urbana.”

  1. […] Osasco vai a Brasília apresentar projeto de recuperação de nascentes em área urbana. […]

Leave a Comment