Notícias Barueri 

Pelo fim da violência contra mulher, Barueri mobiliza ações no Agosto Lilás.

A campanha nacional Agosto Lilás inicia na próxima segunda-feira (dia 3) em Barueri com ações engajadas pela Secretaria da Mulher por meio de uma programação on-line. Na cidade, a agenda oficial do Agosto Lilás foi instituída pela Lei Municipal 2.643/2018, que tem o objetivo de conscientizar a população pelo fim da violência contra mulher.

Agosto foi escolhido por ser o mês em que foi criada a Lei Maria da Penha, que celebra 14 anos neste ano, considerada a terceira lei mais avançada do mundo.

A partir do dia 1º de agosto, as seguidoras do Facebook da Secretaria da Mulher já podem adicionar no perfil o tema da campanha. No dia 3, às 10h, a agenda de atividades abre com o lançamento do projeto “O Bolso Delas”. A ação consiste na divulgação de uma série de vídeos com conteúdo informativos com o objetivo de estimular a autonomia financeira de mulheres que vivem em vulnerabilidade social e que estão em situação de violência doméstica.

A continuidade dos vídeos “O Bolso Delas” será transmitida nas plataformas Facebook e Instagram nos dias 4, 5, 6, 7, 10 e 12, sempre às 11h.

No dia 5 (quarta-feira), às 10h, haverá uma palestra online com o tema “Como identificar situações de abusos nos relacionamentos”, com atividades para os estudantes que integram a ONG Projov. Logo em seguida, na quinta-feira (dia 6) a partir das 14h, o doutor em Psicologia pela USP, Esny Cerene Soares falará sobre “Aspectos psicológicos da mulher vítima de violência” nas redes sociais da Secretaria da Mulher.

Já na sexta-feira, (dia 7), às 18h, a advogada Sandra Daniotti fará uma live sobre “Lei Maria da Penha, suas características e aplicações possíveis”.

No dia 11 de agosto, às 11h, o vídeo sobre o tema “Enfrentamento da violência contra a mulher e aspectos fundamentais para que busque apoio necessário” será traduzido em Libras pela intérprete Lilian Thais Ribeiro.

No dia 13 de agosto, a partir das 14h, tem Roda de Conversa virtual com os pais que participam do Centro de Referência da Primeira Infância. Nessa conversa o bate-papo será sobre “Relacionamento tóxico e as consequências indiretas para os filhos”. No dia 14, às 10h, a programação se encerra com a participação da promotora de Justiça, Silvia Chakian que abordará o tema “Evolução dos Direitos das Mulheres”.

Related posts

Leave a Comment