São Paulo vai mal na estreia de Ney Franco e cede empate ao Palmeiras com um homem a mais.

O São Paulo de Ney Franco não soube aproveitar a vantagem de ter um homem a mais em campo e cedeu o empate para o Palmeiras – o jogo acabou 1 a 1. Mesmo jogando por quase 45 minutos com um a menos, o time de Felipão foi melhor e só não saiu com a vitória porque Valdivia perdeu pênalti, que foi defendido por Denis. O gol são-paulino foi marcado por Luis Fabiano, que aproveitou o vacilo da zaga e completou cruzamento de Jadson. 

O resultado coloca a equipe do Morumbi na 5ª colocação, com 16 pontos, seis atrás do líder, o Atlético-MG, que venceu o Figueirense por 4 a 3. Já a equipe Alviverde continua na zona de rebaixamento, na 19ª colocação, com seis pontos. Na próxima rodada,  o adversário são-paulino será o Vasco, no Morumbi, às 21h50 de quarta-feira. Já rival palmeirense será o Coritiba, às 21h de quinta-feira.

O São Paulo abriu o placar logo na primeira metade do primeiro tempo, com Luis Fabiano. O atacante apareceu por trás da zaga, que ficou parada e só o observou completando cruzamento de Jadson. Bruno só pôde olhar a bola entrar.

Apesar do gol sofrido, o Palmeiras tinha mais domínio de bola, conseguia trocar melhores passes, mas sofria com a falta de criatividade, especialmente com Valdivia sumido, marcado de perto por Denílson. Até por isso, a melhor chance Alviverde foi com erro de Douglas, que tocou nos pés de Betinho. O atacante chutou em cima de Denis. Logo em seguida, o time de Felipão só não empatou porque Cortez salvou cabeçada de Maurício Ramos em cima da linha.

O zagueiro, aliás, se machucou no fim da primeira etapa e deu espaço a Maikon Leite, o que forçou Henrique a recuar e virar zagueiro. O camisa 3, no entanto, não jogou nem dez minutos mais recuado. Logo no início do segundo tempo, ele fez falta feia em Douglas e sofreu o segundo cartão amarelo, sendo expulso da partida sem nem reclamar.

Os palmeirenses previam que a pressão ia aumentar, mas o efeito foi o contrário. Valdivia resolveu aparecer, fez bom lance saindo do canto esquerdo do campo e desabou dentro da área, após aproximação de Rafael Tolói. O árbitro acabou dando o pênalti, que não foi convertido pelo próprio camisa 10. Denis fez boa defesa. Para recompor a zaga, que havia perdido Henrique, Felipão sacrificou Betinho, sumido em campo, e colocou Cicinho. Artur virou zagueiro.

Apesar da vantagem, o São Paulo jogava muito mal. A alternativa palmeirense passou a ser Maikon Leite e Valdivia. Os dois se esforçavam para fazer jogadas ofensivas e até invadiam a área adversária, mas ou paravam na marcação ou erravam na finalização, como é de costume, inclusive, na campanha do time campeão na Copa do Brasil. 

O gol de empate saiu aos 38 minutos, com Mazinho. Maikon Leite bateu escanteio, o atacante bateu de primeira e viu Denis fazer ótima defesa. A zaga são-paulina disputou o rebote de cabeça, mas perdeu a briga e viu o mesmo atacante aproveitar a sobra para empatar o placar e definir o 1 a 1 na Arena Barueri.

 

Fonte: UOL Esporte 

http://esporte.uol.com.br/futebol/campeonatos/brasileiro/serie-a/pos-jogo/2012/07/15/sao-paulo-vai-mal-na-estreia-de-ney-franco-e-cede-empate-ao-palmeiras-com-um-homem-a-mais.htm


Related posts

Leave a Comment